Momento Aprazível

Loading...

domingo, 24 de abril de 2011

Book Casal - Vivianni e Lúcio

O papai Lúcio fez questão de também registrar sua emoção na chegada de mais herdeiro.














Book de Gestante - Vivi Aguiar

Finalizando este dia tão especial... gostaria de compartilhar com vocês, minha impressão.

Dizer com categoria o que é ser mãe, não poderia... talvez daqui uns dois dias. Mas o que posso falar é que essa experiência materna, enquanto, GESTANTE... me fez perceber o quanto seria simples vivermos em um mundo mais harmônico.

Fórmula Mágica: “Olhar o próximo, como se grávido estivesse!”

Explicando melhor...

Durante esses noves meses, fui abordada por diversas demonstrações de carinho. Demonstrações inesperadas, vindas de pessoas distintas e pela maioria das vezes desconhecidas.

Não sei exatamente como explicar, mas é como se todos se sentissem sensibilizados com o nosso estado grávido e distribuíssem, gratuitamente: sorrisos, gentilezas, cortesias...

Então fui tomada por vários questionamentos:

- Por que não somos corteses com as pessoas ao nosso redor?

- Em que momento do nosso dia a dia, as atribulações são capazes de roubar tesouros tão preciosos, como: um sorriso, uma palavra gentil, ou mesmo um olhar de solicitude?

- Apenas as gestantes são capazes de despertar o amor no olhar das pessoas?

São muitos questionamentos... para respostas tão óbvias!

Resumindo...

Se uma gestação é capaz de aflorar tantos sentimentos de amor... Imagine o que um NOVO SER é capaz de fazer em nossa vida.

Agradeço todo o amor recebido, e energizada, sinto-me segura e preparada para receber meu filho: Lúcio César!






segunda-feira, 31 de janeiro de 2011

Book Gestante_ Casal Bia e Eduardo

“Gestante” é aquela que gera, gestans em Latim.

A palavra vem do Latim gerere, “gerar”, parente do Grego gígnomai, “nascer, gerar” e gravidez (sinônimo de gestante); vem do Latim gravis, “pesado”, pois é assim que uma gestante normalmente se apresenta.

A responsabilidade que cerca cada gestação envolve uma série de fatores, que por vezes, não sabemos ao certo se iremos cumprir. A dúvida, o medo... é iminente nesses 9 meses dado a mulher.
Mas que valor teríamos se fugíssemos das incertezas da vida?! Não teríamos o mérito tão almejado, das conquistas tão essenciais para o ser humano.
São essas batalhas internas e diárias que nos fortalecem e nos direcionam para a 'tal' felicidade!

O casal fotografado dessa semana, Bia e Eduardo, transpiram paternidade e maternidade. Foi inspirador sentir essa energia no ar. Maria Eduarda foi agraciada em tê-los como pais.


Desejo muita saúde para essa abençoada criança.

abraços fraternos

terça-feira, 7 de dezembro de 2010

Book Mulher Anna Mancini


A jovem Paulista, Anna, rendeu-se as belezas do Maranhão e esbanjou todo o seu charme esta última quinta, diante de minhas lentes.

O cenário não poderia ser outro: Nossas praias!

A nossa maior dificuldade foi finalizarmos a sessão, pois diante tanta beleza ao entardecer na nossa ilha, não poderíamos deixar de apreciar tamanho espetáculo do astro rei.

Mãe exemplar e mulher destemida, sentiu-se desafiada a expor todo o seu potencial feminino. Como de costume, superou-se e me proporcionou um dos ensaios mais bonitos já realizados.

Obrigada por toda elegância e graciosidade !


domingo, 5 de dezembro de 2010

Book Infantil_ Raíssa, Alice e Cristino Vítor




Certa vez, li um texto artigo que muito me marcou. Era a respeito de uma palestra de Divaldo Franco sobre educação para a plenitude do ser.
As primeiras palavras do médium foi narrar uma pequena história passada a remotos tempos na Grécia.
As vezes, quando me encontro em uma discussão sobre a importância da Educação, utilizo a mesma forma de comparação de Divaldo.
Julgo-as de 'PALAVRAS SÁBIAS!'

Leiam com atenção:

Narra-se que o extraordinário orador ateniense Licurgo, recebeu oportunamente um convite para falar sobre a educação. Depois de haver reflexionado, o mestre da oratória solicitou à comissão que lhe concedesse seis meses para preparar o tema.
Na oportunidade estabelecida, no imenso anfiteatro de Atenas, Licurgo apresentou-se, levando algumas jaulas, nas quais estavam dois cães e duas pequenas lebres. Antes de emitir qualquer conceito, o admirável filósofo, que era psicólogo, abriu uma das jaulas e libertou uma lebre; ato contínuo, abriu outra jaula e libertou um mastim. O cão desesperado saiu em desabalada correria e, caçando. Ainda não terminara aquele impacto perturbador, quando Licurgo abriu uma outra jaula e libertou outra lebre, abriu ainda mais uma e libertou outro cão. Dominadas pela cena grotesca de antes, as pessoas aguardavam que se repetisse a cena deprimente.
Para surpresa geral, o cão acercou-se da
lebre e começou a brincar com solidariedade. A pequenina lebre também, por sua vez, acercou-se do animal e começou a lamber-lhe as patas e, como dois amigos, estiveram deitando e rolando no solo.
Ante a emoção que tomou conta de todos, Licurgo começou a sua peça
de oratória dizendo:

Os dois cães são da mesma raça, têm a mesma idade, receberam
a mesma alimentação. A diferença entre o primeiro e o segundo é que o
segundo foi educado, o primeiro, não.


___ . ___

Sempre me emociono ao reler essa história. Concordo que ela seja um pouco chocante, mas na atual realidade do nosso País... O que será dos nossos filhos, sobrinhos, alunos... se não dermos a devida Educação?

Nossas crianças são criadas simples e ignorantes. Cabe a nós essa missão de ensinarmos o caminho correto tornando-os cidadãos de bem.

Esta sessão de fotos é dedicada aos meus queridos sobrinhos Raíssa, Alice e Cristino Vítor, que tanto prezo e estimo. Amo vocês!









sábado, 4 de dezembro de 2010

Book Gestante_ casal Rebeka e Gleydson

É sempre revigorante fotografar casais "gestantes".

É como se a energia que emana deles fosse diferente, especial, não sei explicar ao certo. Este incessante estado de espera que os permeiam, tornam-os mais suscetíveis as belezas e aos encantamentos do ser humano. É como se ficássemos mais sensíveis, até mais humanos.

Digo, 'ficássemos', pois também encontro-me 'nesse estado incessante de espera'. Não existe emoção maior no mundo. Diria... é mágico, ou usando uma palavra mais adequada, DIVINO, esse sentimento e sensibilidade que nos envolve.

Aproveitando o ensejo sobre maternidade, gostaria de indicar um livro belíssimo que estou lendo, "Nossos filhos são espíritos" de Hermínio Miranda. Tem me esclarecido muitos assuntos referente a maternidade.

Rebeka e Gleydson, desejo muita saúde para esse pequeno Lucas. Que Deus os abençõe sempre.

Abraços fraternos
video

domingo, 17 de outubro de 2010

Book Mulher - Mayadna

Quem esteve à frente de minhas lentes esta semana foi a encantadora Mayadna, revelando-se uma exímia modelo, dentre sorrisos tímidos a poses dignas de uma

profissional.

O mais gostoso de fotografar, é poder extrair toda a beleza contida na figura feminina e mais, sentir a emoção e a satisfação das pessoas em cada finalização de um trabalho.

E consequentemente, receber como troca de seu trabalho um agradecimento, que eu diria... impagável!


Finalizamos o ensaio com um belo sorriso de contentamento.


abraços fraternos